20 janeiro 2015

Mãos ao alto!

Mãos ao alto!
isso é um assalto!
me passe tudo o que tiver em mãos
minhas irmãs e meus irmãos!

Isso é um assalto!
quero todos os seus bens materiais,
aliás, eu quero muito mais!
me passe também tudo o que estiver pensando,
não esconda nada pois eu estou olhando.

Mãos ao alto!
pensei melhor e agora eu quero a sua vida
toda volta,
toda ida.

Isso é um assalto!
e sua alma me tem muito valor
todo prazer,
toda a dor.

Mãos ao alto... por favor!

Estou roubando tudo que me pediu para levar,
você me escolheu,
selecionou quem iria te roubar,

13 ou 45 e confirma!
não faz diferença,
sou empregado de uma firma

E tudo o que sei fazer é roubar,
com violência ou educação
esteja você vendo
ou não

do seu chapéu
ao seu sapato

antes que eu me esqueça...

Mãos ao alto!


10 janeiro 2015

15 min pra respirar...

Uma mariposa pousou encima da minha mão,
nas asas abertas eu vi o retrato refletido dos meus pensamentos,
manchas azuis escuras se ligando umas nas outras mudando de forma como se tivessem vida própria.

Pensei em como tem sido difícil passar por cada pequeno obstáculo que me aparece diariamente,
qualquer pequeno problema pesa uma tonelada na balança das preocupações,
tudo carrega uma carga dramática tão grande que esgota minha paciência antes mesmo de que os outros possam ter a chance de esgotá-la.

já fui  melhor que isso,
onde foi parar aquele escudo que me protegia das boçalidades mundanas que me eram lançadas diariamente?
porque o fardo se acumulou tanto?

Bati as cinzas do cigarro encima da mariposa a fim de eliminar a angústia que existia naquelas asas.
e numa brusca virada as cinzas escorregaram pelas asas, levaram junto as manchas azuis.

Uma mariposa branca subiu voando frente a meu rosto,
e se perdeu no mesmo branco de uma nuvem acima de mim.

larguei a bituca logo abaixo do banco da praça,
e me levantei como quem sabe exatamente o que precisa ser feito.

manter as estruturas,
mesmo á frente daquele que corta no fio da espada fazendo os joelhos dobrarem.

21 setembro 2014

Sobre passado, presente e futuro.

Acima de tudo é preciso saber que, o passado já aconteceu, e o simples fato de já ter sido não faz com que mereça ser esquecido e ignorado como nunca existente.

Todo passado te faz ser quem é, e quem virá a ser...
e como uma escada que só pode ser construída um degrau após o outro, é formado o TEMPO.
Tempo esse que define os estágios da nossa existência.
Querer apagar algo vivido é como querer apagar um pedaço de sí.

por mais que apagar momentos ruins nos pareçam os pensamentos sensatos a se ter,
são os mais ERRADOS.

são os momentos ruins e pesados que nos fazem grandiosos e únicos.
aprenda a sofrer...
aprenda a superar a dor...
e acima de tudo, aprenda a conviver com certas dores que nunca poderão ser superadas.

Não culpe...
não procure motivos para assuntos em que a razão se esvai para fora do nosso conhecimento.

Por mais difícil que seja, tente fugir do "amargo" no que diz respeito a convivência. E eu sei como esse ultimo é complicado...

mas a amargura só traz tristeza... e quem vive 'feliz' em busca de tristeza nunca encontra fim a sua procura...

controle a raiva... sem nunca aniquilá-la... ela é extremamente necessária...

controle o apreço... sem nunca martiriza-lo.... ele pode ser extremamente confortável, e o conforto é perigoso. Te torna preguiçoso e sem ambição.


Força!
acima de tudo.

Para viver,
Sofrer,
Superar,
Conviver,
Perdoar,
Equilibrar,
Controlar,

enfim... Viver.


01 agosto 2014

Tempo...

Sobre tempo em tempo de me perder,
tempo de me achar,
tempo certo pra curar,

Sobre tempo,
que me falta, me despreza e zomba
tempo que me atropela e nem sequer olha pra trás.

Tempo esse que não pertence a ninguém,
e enlouquece quem acredita tê-lo.

Tempo que não perdoa,
sempre cobra suas dívidas,
adiciona os juros,
e cada porcentagem pesa uma tonelada.

Tempo que te trai,
e que te faz reviver o que pensou ter morrido,
tempo que te fode.

Tempo que nunca é o suficiente,
Curto demais no melhor beijo,

Tempo que se alonga mais do que deve,
Longo demais na pior conversa,

Tempo que nunca é exato,
tempo que surpreende.

Quanto tempo nos restou?

25 setembro 2013

Primavera.

Começa a primavera, e no mesmo instante o primeiros botões de rosas começam a se abrir, começa também um batuque interno dentro do peito dos mais sensíveis, principalmente dos jovens a procura de uma paixão de se perder o fôlego. Essas existem! e se não tomar cuidado ela toma todo o seu fôlego, e te deixam morto no chão sem ar nem nada mais.

Começa o florescer das cores, nas roupas, nas peles, nos olhares... 

Começa também a contagem de pétalas arrancadas em busca de sorte, em busca de amor, em busca de "verdade", a ilusão de que se está sempre flutuando numa nuvem de algodão e que nenhum problema é grande o suficiente para alcançá-los.

Começa uma forçação de barra pela felicidade, e a procura de rostos andando por ai com seus sorrisos abertos travados na altura da bochecha sem nenhuma razão aparente. Sorrisos esses por trás de olhos tão vidrados que quase se ouve aquele som de oco como se ouve em conchas brancas quase polidas trazidas pelo mar, mas que não carregam nada dentro de sí. 

O eterno som do vazio se faz mais audível do que o sensato silêncio de quem está completo.

Começa a dor no peito daqueles que são sozinhos... sozinhos consigo mesmo, sempre tentando encontrar algo mais que nenhuma das milhares de pessoas ao seu redor podem lhe dar.

Termina o período de luto da natureza, termina a fase das quedas, termina o frio que te faz se abraçar ao dormir e perceber que no final das contas os únicos braços que sempre estarão prontos para te receber serão os seus próprios.

Termina a paz de quem não tem necessidade de aparentar felicidade plena em todos os momentos do dia, TODOS os dias. Os que enxergam um pouco diferente a realidade como ela teima ser, e não exige de ninguém sorrisos e olhinhos estatelados de emoção em cada "Oi" e "Bom dia" que tiver que enfrentar pela frente.

Mas a Primavera chegou.
E acima de tudo, Primavera não se trata de "Começar" muito menos de "Terminar".

Primavera é Renascer, é mais uma chance, é tentar e saber que pode falhar.

Afinal, todo ano ela volta, pra te assombrar ou tranquilizar, e nunca depende só de você.

11 julho 2013

Âncora.



Aquele momento em que a raiva já não vaza pela boca, nem seus gestos, nem expressão facial deixa escapar sequer um feixe dessa luz vermelha que cresce dentro de você.

Aquele momento em que você se cansa, até mesmo de tentar expressar, de tentar explicar, de tentar entender...

Aquele momento perigoso em que você não põe mais nada pra fora, porque é melhor não machucar ninguém...

Quando a panela de pressão já está zunindo e soltando fumaça aos quatro lados desesperadamente.

Quando o casco de carne e pele não aguenta mais, e as estruturas ósseas não se sustentam mais sozinhas.

Quando deitar significa algo mais valioso do que realmente é, e partir na busca do que há de mais diferente dentro de sí próprio é uma viagem sem rumo.

Naquele momento em que se dá conta de que não precisa mais ouvir, não precisa mais aguentar, não precisa mais suportar, não precisa mais carregar nada daquilo que é âncora.

não precisa... mas o faz.

10 maio 2013

O inimigo

O inimigo está presente,
o inimigo não vê barreiras, não vê pontes, não vê fronteiras
está sempre pronto, está sempre alerta, está sempre de olho aberto.

Nem tente fugir ou se esconder,
pois o inimigo sempre vai te acompanhar.

O inimigo tem várias formas,
vários rostos, várias vozes, vários odores, vários sabores...

Se fugir não tema!
Pois o inimigo sente o temor,
o inimigo é preparado,
conhece o que há em você de mais fraco,
e só ataca onde mais vai te doer.

Mas não fuja!
o inimigo também tem temores...

O inimigo teme a coragem,
e se você carregar ela a frente de todo o resto,
o Inimigo vai temer.

Mas carregar coragem a frente é difícil eu sei...
Amor...
Ódio...
Problemas...
Devaneios...

Todos parecem ser mais importantes.

O inimigo sabe disso,
e usa isso a seu favor...

Entenda, o inimigo é sempre mais forte que você.
afinal o inimigo sabe mais,
conhece mais... é maior...

lembrando que o único verdadeiro inimigo que se tem,
está dentro da sua cabeça,
com acesso a tudo o que você não tem,
que é o que faz o inimigo mais forte!

Por isso é preciso sempre lembrar...

Força não ganha batalhas, no terreno do CORAÇÃO que nunca teme.


09 fevereiro 2013

Cartas para Valentina


Dói o peito,
dói por dentro,

dói o medo
de pensar que pode me ferir,

dói pensar demais,
dói suspeitar que vai me barrar de ver meu amor,

mas dói mais se eu não conseguir ser Mais
dói mais se eu não for quem eu desejo ser por ti...

...

Minha princesa,
desculpe se eu não for o seu herói,
eu tentei,
mas eu não sei o quanto é preciso fazer pra te convencer disso.

Eu te amo mais do que um dia qualquer alguém ja me fez amar,

Você me ensinou o valor de amar,
o valor de viver,
a necessidade de ter que ser melhor.

você é minha princesa,
vive nos meus sonhos,
me faz rir sozinho,
me impulsiona nas tarefas difíceis.

E eu não sei quão bom pai eu sou pra você,
mas eu Juro que eu tento, e dou o meu melhor.

você não tem nem 2 anos,
não sabe falar (direito)
anda toda desengonçada,
só sabe brincar e fazer gracinhas

Quando me beija,
me deixa uma rodela de baba no rosto,
e quando fica brava,
reclama e tenta me bater com esses bracinhos curtos.

E eu não sei como as coisas estão nesse tempo em que lê isso,
espero que bem,

mas saiba que eu nunca vou parar de pensar em você,
Nunca

e se por um segundo eu sentir que estou te perdendo,
eu mergulho de cabeça pra te recuperar aos meus braços.

Voce não sabe NADA,
e mesmo assim,
é a pessoa que mais me ensinou em toda minha vida.

sou só orgulho por você,
independente de qualquer caminho que você deseje trilhar.

Papai te ama,
e você sempre será minha princesa.